Design: imagem ou produto? Desta pergunta podem-se gerar as definições das duas áreas do design mais reconhecidas, ainda que não sejam as únicas. Uma das áreas irá cuidar dos aspectos de comunicação de sua empresa. Esta comunicação irá envolver atores internos e externos de diversos níveis e com diferentes necessidades. As necessidades de informação são mapeadas e as mensagens necessárias serão produzidas. Este é o design gráfico, também conhecido como Comunicação Visual.

Design de produto está vinculado aos dispositivos, máquinas e equipamentos com os quais as pessoas se relacionam cotidianamente. Nesta área a ação principal do designer é a promoção do diálogo entre as diversas especialidades envolvidas na fabricação do produto final.

Existem também outras especialidades que envolvem, por exemplo, as mídias digitais dinâmicas. O especialista nesta área necessita de conhecimentos bastante específicos e acaba concentrando seu trabalho de design no domínio das equações e atendimento das exigências técnicas. O suporte material onde esta sendo expressa a atividade do design acaba levando às especializações.

O que se tem em comum entre todas as áreas de design são: o método, as pesquisas, as etapas e seus objetivos. Provavelmente será útil que as diferentes áreas do design não sejam atendidas por um mesmo profissional. Isso poderia indicar que ele sabe pouco de muito, mas não sabe muito de pouco. Aqueles que são bem mais antigos na profissão acabam dominando diferentes áreas, pois desbravaram o mercado da profissão quando ela chegou ao Brasil nos anos 60.