É sempre bom lembrar que um bom projeto de design tem interface com as diversas fases do ciclo de vida de um produto. Esta é uma das maneiras de abordar o projeto visando o equacionamento de todas as variáveis e os interesses dos diversos stakeholders. Projeto para produção, projeto para uso, projeto para descarte são formas de abordar as questões levantadas ao se analisar toda a cadeia produtiva de um segmento.

A embalagem é um dos temas de projetos de design que podem ser utilizados de maneira acessível por qualquer empresa de qualquer tamanho. A embalagem é de tal forma necessária em diferentes fases da cadeia produtiva que é o foco do interesse de todo um segmento de mercado organizado sob a forma de associações. A imagem pode valer mais que mil palavras, e algo semelhante pode acontecer com a embalagem em relação ao produto que ela contem.

Proteção, segurança, resistência, realce, exposição, armazenamento, conservação e muitos outros fins são atribuídos à embalagem e por isso sua complexidade pode ser objeto de projetos de design e o impacto das mesmas nos negócios é inegável. Articulada com as diretrizes estratégicas da empresa, uma embalagem deve traduzir todo o compromisso social e ecológico na prática.

Por isso o tema é objeto das atenções de publicidade, de instituições de ensino, de redes de varejo, da indústria de bens de consumo sendo mesmo objeto de regulamentação quanto a informações, validade e outros. A embalagem, no varejo, representa a primeira impressão do produto, convidando e instruindo sobre o uso e os benefícios do mesmo. É uma poderosa mídia ao alcance de todos: ganha quem usa bem.